11 de agosto de 2009

Hoje

A dor e a desilusão fazem extinguir a essência da alma humana. O fio da esperança perde a forma e a utilidade, enquanto luta, para manter envolvidos os últimos suspiros da dignidade.
Como dizia Raul, é aceitável e humano vivermos nessa eterna metamorfose ambulante. Hoje confesso, que realmente o fio de esperança está perdendo sua utilidade, pelo meno para mim. Não posso prever até quando essa sensação dilacerante habitará minha alma, apenas peço perdão, por hoje, não acreditar na humanidade. Talvez daqui há alguns dias publique aqui, novamente, minhas crenças e esperanças num redescobrimento da verdadeira condição humana. Mas, por enquanto, registro aqui a silenciosa dor, que também corrói minha alma e existência. Nesse novo texto, não me proponho a falar com cada um de vocês, apenas me eximir da terrível culpa do ceticismo e do julgamento. Algumas coisas, simplesmente não fazem sentido, talvez nem mesmo essas palavras. Mas insisto na compreensão de vocês, meus amigos, pois realmente nada faz sentido!

3 comentários:

Ane... disse...

Mi,
Por mais que eu me sinta próxima de você, peço licença para comentar as suas intimas linhas de dor. Por vezes, fui tomada pela mesma falta de crença, falta de esperança, vindo de uma falta de fé naquilo que sempre acreditamos que poderíamos fazer diferente, e que tudo não partiria somente de um governo, mas também de nós mesmos. Isso e muito comentamos ontem, conversas furtivas sobre como viver em uma sociedade cujos valores estão todos invertidos e parece não haver mais solução em um modo diferente, mas há. Contudo respeito seu momento, mas insisto não deixe que este pensamento se torne corriqueiro, pessoas estão sofrendo e precisam de pessoas que acreditem nelas, não podemos nos dar o luxo de pensar muito tempo assim.
Lembre-se cada vida que colaboramos, é uma vitória, cada semente plantada é uma esperança...

Mas uma coisa vos digo minha amiga:Não percas a esperança essa é a única arma que você terá para enfrentar o mundo. Não faça o que eles fizeram todos acreditar que neste mundo nada mais tem jeito!

Beijos

João Luis Pinheiro disse...

Michele
Às vezes, estes pensamentos obscuros tomam conta da gente como uma sombra. Afinal, somos humanos. Porém, não deixe que eles se instalem por muito tempo. O mundo ainda não está perdido.
Beijos
João

Letycia Holanda disse...

Não deixe que o tempo cegue os teus olhos, não deixe se perder a tua a essência e ao passar dos anos deixe de sorrir...

QUANDO O DÍFICIL,PARECE IMPOSSÍVEL, É AI ENTÃO QUE DEUS COMEÇA A AGIR!

Beijos